Porque algumas dietas não funcionam

Porque algumas dietas nunca funcionam? Você já parou pra pensar nisso? Pra entender isso melhor, vamos começar definindo o que a palavra ‘’dieta’’ significa. ‘’Dieta’’ pode ser definida como qualquer severa restrição de alimentos ou calorias num determinado período de tempo. A maioria dos mais famosos programas de dietas são baseados na ingestão de um número baixíssimo de calorias: 800-1200 para as mulheres e 1500-1800 para os homens. Levando em consideração essa restrição drástica de calorias, você certamente perderá peso. Ou seja, se o seu único desejo é realmente perder peso, sem levar em consideração de onde esse peso vem ou ainda quando tempo que você quer mantê-lo fora do seu corpo, você poderá dizer sim que ‘’qualquer dieta funciona’’.

Comendo muito pouco – Ganharmassa.com.br Entretanto existem dois grandes problemas com esse ‘’método’’: o primeiro é que a perda de peso a partir do baixo consumo de calorias não é uma coisa duradoura, 95% das pessoas que aderem a esses programas de dieta não conseguem manter o peso perdido e esporadicamente voltam a ganha-lo novamente. O segundo problema é que a maioria do peso que você perde a partir do baixo nível de calorias ingeridas, vem dos músculos e não da gordura propriamente dita. Logo, se o seu objetivo é perder essa gordura permanente, mas, sem chegar a perder os seus músculos, então seria mais sensato dizer que as ‘’dietas nunca funcionam’’.

Estatísticas provam que dietas a longo prazo nunca funcionam. Se elas funcionassem como você explicaria a imensa quantidade de obesos nos dias de hoje? Ou ainda, como que eles continuam piorando? De acordo com o Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos existem mais de 100 milhões pessoas com excesso de peso no país. Isso representa 55% da população adulta! Mais de 20% dos adultos são obesos, o que significa que o risco de pegar um dos mais de 30 problemas associados ao excesso de gordura corporal é gigantesco.

Isso mostra que, apesar da quantidade de programas de dieta e produtos que prometem emagrecimento estejam mais disponíveis do que nunca, o número de obesos só vem aumentando. O Centro de Controle de Doenças anunciou recentemente que o número de pessoas nos Estados Unidos, que são clinicamente obesos (ou seja, estão pelo menos 30% acima do peso corporal ideal) aumentou de um em cada oito em 1991, para quase um em cada cinco em 1999.

É, realmente esses números são assustadores, mas, existe uma explicação científica do porque a maioria das dietas infelizmente falham. A maioria das pessoas comete o clássico erro de tentar passar fome com dietas totalmente restritas. Entretanto, o nosso corpo tem um complexo e infalível conjunto de mecanismos de defesa para protegê-lo justamente da fome, ou seja, é fisiologicamente impossível perder gordura permanentemente com dietas de baixo consumo de calorias. Assim que o seu corpo sentir a falta dos alimentos, esses mecanismos de defesa começarão a agir. Fica então provado que o corpo humano é simplesmente ‘’muito inteligente’’ para uma dieta restritiva de baixo teor calórico.

Autor(a)

ganharmassa.com.br -

Artigos Relacionados

- Ganho de massa feminina

- Creatina Para Ganho de Massa Muscular

- Massagem Desportiva

- Iniciante na musculação

- Perder gordura sem passar fome

Comentários

Postado por EzfGqraUTrepTmqUk em 12/04/2011



Deixe seu comentário - GanharMassa.com.br

Nome:

 

Email:

 

Mensagem: