Fique longe das dietas de baixa caloria

As conseqüências das dietas de baixo teor calórico são automáticas e inevitáveis. As respostas são por sua vez, metabólicas, hormonais e de natureza psicológica, e incluem: diminuição do metabolismo, perda de força muscular, aumento da atividade das enzimas de armazenar gordura e hormônios, diminuição da atividade das enzimas de queima de gordura e hormônios, diminuição da produção da tireóide, aumento do apetite, aumento da chance de recuperar peso e diminuição de energia e da capacidade de trabalho. Vamos dar uma rápida olhada em cada uma delas.

1-Dietas de baixas calorias retardam sua taxa metabólica

prato com muito poucas calorias – Ganharmassa.com.br A primeira coisa que ocorre quando você baixa drasticamente a sua ingestão de calorias é a diminuição da sua taxa metabólica. Quanto menos calorias seu corpo adquirir, mais devagar o seu metabolismo irá agir. Ou seja, se você come pouco, seu corpo queimará menos gordura e quanto mais você comer, mais gordura ele queimará. Vamos ver se você consegue entender melhor, imagine que você esteja ganhando R$ 4000,00 por mês, mas o seu chefe de repente corta o seu pagamento para R$ 2500,00. Você provavelmente tentará viver no mesmo estilo de vida que você tinha quando ganhava R$ 4000,00, certo? Mas depois de um tempo, você terá que repensar o seu modo de viver e começar a poupar dinheiro. O mesmo acontece quando a quantidade de calorias ingeridas é muito baixa. Se as calorias são reduzidas abaixo das necessidades metabólicas, o seu corpo irá se adaptar de forma mais lenta ao seu metabolismo e sim, torna-se mais difícil perder a gordura, mesmo que em baixas calorias.

Quando as calorias são restringidas, seu metabolismo desacelera em torno de 20-30%. Esta desaceleração metabólica ocorre da seguinte forma: quando as calorias são restritas, seu metabolismo diminui a sua atividade em cerca de 20-30%, certo? Já quando ocorre uma severa restrição das calorias, alguns estudos mostram que o metabolismo em repouso cai cerca de 45%! Isso é o equivalente de ter sua queda de despesa diária de energia de 3000 calorias por dia para apenas 1.650 calorias. Isso explica o porquê em que as dietas de baixo teor calórico o consumo de calorias depois de um tempo diminui, mas, você continua sem perder peso. Isso também explica porque é tão difícil perder os últimos 10 ou 20 quilos.

2- Dietas de baixas calorias fazem com que você perca músculos

O efeito mais devastador da dieta de baixa caloria é a perda de tecido muscular. Uma vez que o alarme de fome é acionado, seu corpo começa a procurar maneiras de conservar energia. O tecido muscular é metabolicamente ativo. Livrar dele é a maneira do corpo de diminuir o seu gasto de energia. É fácil para o seu corpo usar o músculo para se ter energia. Este processo é conhecido como Gluconeogénese - conversão do músculo em glicose. Isto inclui músculos esqueléticos e órgãos internos, até mesmo o seu músculo do coração!

Estudos após estudos mostraram que as dietas de baixo teor calórico, que não são acompanhados de exercício físico sempre causam cerca de 40-50% da perda de peso proveniente do tecido magro. Muitas dietas, especialmente aquelas onde o consumo de carboidrato é baixo, você terá uma perda de água do corpo muito grande. Ou seja, entre a perda de água, glicogênios e tecidos musculares, fica provado que 75% do peso que você perde não é de gordura.

Essa perda de peso inicial na maioria das dietas é muito enganador, dando-nos apenas a ilusão que estamos tendo sucesso. Mesmo com exercícios, se uma dieta é extremamente restritiva, grande parte da perda real de peso virá do seu tecido magro.

3- Dietas de baixas calorias aumentam a capacidade das enzimas em armazenar gordura e diminui a capacidade dela de queimá-las

A enzima que comanda o armazenamento de gorduras é chamada de LPL. Quando você diminui a quantidade de calorias que você ingere, o seu corpo produzirá mais LPL e menos ‘’queimadores de gordura’’. Em outras palavras, se você não comer o suficiente, o seu corpo irá mudar sua química para torná-lo mais fácil de armazenar gordura no futuro.

4- Dietas de baixas calorias diminuem a produção do hormônio da tireóide

A tireóide é responsável pela regulação da sua taxa metabólica (a taxa em que você queima calorias em repouso). Quando o seu corpo sente uma severa redução na quantidade de calorias ingeridas, existe uma redução correspondente na produção de hormônio tireoidiano ativo. O resultado é uma diminuição da sua taxa metabólica e das suas calorias queimadas.

5- Dietas de baixas calorias aumentam a chance de ganho de peso a mais

Quase todo mundo perde peso inicialmente em dietas de baixas calorias, mas nunca demora muito para que o corpo comece a captar e conservar energia. Então vem a pergunta: Você estava perdendo peso antes e agora não está perdendo quase nada ou simplesmente perdendo, mas, de forma muito lenta? Isso é comum numa dieta de baixas calorias e certamente não é o que você quer para você.

O pior é que a falta de resultados, combinados com o estômago rangendo de fome e o desejo insaciável de comer, geralmente faz com que as pessoas desistam da dieta por pura frustração. Eles acabam com a dieta, o peso volta ao corpo e sua gordura vem pro lugar de onde ela saiu- só que agora com muito menos músculos e com um metabolismo mais lento. E com isso, o que costumava ser um nível de manutenção passa a ser um excedente, e o peso vem novamente. A maioria das pessoas volta a ter o peso que tinha quando começou a dieta e outras chegam ganhar até mais, os deixando assim mais gordos do que quando iniciaram a dieta.

Essa perda e ganho de peso é popularmente conhecido como ‘’efeito ioiô’’, e que muitas vezes se prolonga por anos ou até mesmo por uma vida inteira. A cada tentativa errônea de dieta, o metabolismo torna-se cada vez menos eficiente e você pode realmente tornar-se progressivamente mais gordo ao comer menos.

6-Dietas de baixas calorias aumentam o apetite e as ânsias.

Quando seu corpo entra em modo de fome, isso provoca o aumento do seu apetite e dos seus desejos, numa tentativa de levá-lo a comer mais comida. A fome e os desejos podem ser tão fortes que você se torna mais voraz. É praticamente impossível manter uma dieta quando você está vorazmente faminto, e tudo o que você pode pensar é em se alimentar. Poucas pessoas têm toda essa força de vontade.

7-Dietas de baixas calorias diminuem a sua energia e a sua capacidade de trabalho

As dietas de baixas calorias deixam você mais cansado, apático e incapaz de sustentar níveis elevados de atividades ou exercícios intensos. Dr. Lawrence Cordeiro, autor de O Jogo da Ponderação diz que: ‘’A verdade sobre o controle de peso, assinala que o primeiro sinal de desnutrição é a perda de energia e a incapacidade de sustentar o trabalho físico prolongado. Existe uma relação direta entre as calorias consumidas e o trabalho físico que uma pessoa pode realizar. “ Se você não tem energia para trabalhar, você vai se sentir miserável e comprometer seriamente os seus resultados. A capacidade de treinar duro aerobicamente e com pesos é fundamental para o seu sucesso a longo prazo na perda de gordura.

Autor(a)

ganharmassa.com.br -

Artigos Relacionados

- Ganho de massa feminina

- Creatina Para Ganho de Massa Muscular

- Massagem Desportiva

- Iniciante na musculação

- Perder gordura sem passar fome

Comentários

Postado por Gisele em 17/11/2010


Postado por Katia Almeida em 24/01/2011


Postado por ucEoXMVHENqdzkkPt em 12/04/2011


Postado por Vander Rodrigues de Souza em 09/05/2011


Postado por André em 10/06/2011


Postado por André em 11/06/2011



Deixe seu comentário - GanharMassa.com.br

Nome:

 

Email:

 

Mensagem: